terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Paixão por uma cidade

Quando em 1999 mudei para o Rio de Janeiro vivi um momento mágico. Por quase um ano sequer instalei a TV. Quando chegava em casa imediatamente colocava uma bermuda e um tênnis e ía correr de Ipanema ao Leblon. Depois caminhava até o arpoador e sentava para tomar uma água de côco e olhar o reflexo das luzes sobre o mar. Como a minha paixão pela cidade foi aumentando, comprei vários CDs do Tom, do Caetano, do Gil, da Gal e da Betânia, em que as musicas sobre o Rio eram tocadas o tempo todo. Um dia acordei no escuro e achei que tudo havia sido um sonho. Que eu ainda morava na cidade de origem, que eu gosto até hoje, não me entendam mal. Mas quando acendi a luz e vi que estava no Rio, quanta felicidade. O tempo passa, estou longe, em um lugar agradável, admito, mas a minha saudade é imensa. Depois que perdi o convívio diário com a nave mãe e com as minhas pequenas terráqueas, os momentos mais lindos foram passados por lá. Alguns terminaram de forma doce, outros nem entanto, mas o meu amor pela cidade somente cresce. Morro de saudades não só das pessoas. Acho que o Rio é uma cidade que tem alma. Ela te faz companhia. Ai como eu queria em um dia de sol, com o mar azul, andar pela praia até o Leblon. Isso pode parecer bobagem, mas quem viveu isso no Rio não se acostuma com menos não.

7 comentários:

  1. Querido Marcelo

    Que linda declaração de amor pelo Rio. Que bom que tu não te acostuma com menos do que vives no Rio, assim podemos te ter mais perto. Bj Margot

    ResponderExcluir
  2. O Rio será ainda melhor com amigos como você. Beijos,

    Terráqueo

    ResponderExcluir
  3. darling eu não tinha mais podido te escrever estou com muitas saudades penso em ti todos os dias um beijo

    ResponderExcluir
  4. Existem duas grandes cidades na América Latina: Rio de Janeiro e Buenos Aires. As duas têm estilo, charme, personalidade e qualidade de vida. Elas são diferentes, mas têm suas sintonias.

    ResponderExcluir
  5. Maia,
    Maia,

    Concordo inteiramente contigo. Embora eu goste de SP, creio que lhe falta uma identidade, como por exemplo a música (tango ou samba), arquitetura (as calçadas do Rio e a moda praia do Rio são copiadas no mudo inteiro), e charme mesmo. Rio e BA são para mim algumas das melhores cidades do mundo. Aliás, no novo mundo somente NY para encostar. Um grande abraço,

    Terráqueo


    Darling, te sinto sempre comigo. Com muito amor,

    Terráqueo

    ResponderExcluir
  6. Quando eu quero voltar a um tempo bom, abro uma imagem do morro dois irmãos que tenho no meu desktop, fecho os olhos e lembro da cena que via de uma varanda bem no alto...
    Meu coração se aquece de novo.
    Trabalhei até as 02:30 e estou emotiva.
    Beijos, penso no Rio e penso em você.
    Te amo

    ResponderExcluir
  7. Querida, também estou bem emotivo. Mas saiba que estaremos juntos muito antes do que você imagina. Te amo,

    Terráqueo

    ResponderExcluir

Encontrei seres