quinta-feira, 6 de maio de 2010

A chegada

Ao amanhecer cheguei em casa. Da porta de entrada vi esse navio que se aproximava. Abri a porta, deixei as bagagens na sala e, sem trocar de roupa, corri para a praia para celebrar o amanhecer na cidade maravilhosa. Agora, já estou em Porto Alegre, recebendo o afeto da bípede e da sua família.









6 comentários:

  1. De agora em diante você vai precisar tomar mais cuidado com a máquina fotográfica, infelizmente... As fotos continuam lindas! Bjs.

    ResponderExcluir
  2. O Rio é mesmo de uma beleza sem fim.

    ResponderExcluir
  3. que o regresso seja como sonha :)

    ResponderExcluir
  4. Que bom que chegastes.
    Agora aguardo tua vusuta.
    Que tal?
    Bjos.

    ResponderExcluir
  5. Darling, tua chegada faz lembrar tudo o que sempre dividimos com tanta alegria.E como te disse ontem quando passamos uma maravihosa tarde juntos, és o meu principe das marés, no livro o autor descreve a visão divina que só os gêmeos conhecem e compartilham, nós como nosso avô tivemos esse privilégio da vida, te adoro, um beijo.

    ResponderExcluir
  6. Também te adoro.
    Beijos,

    Terráqueo

    ResponderExcluir

Encontrei seres