sexta-feira, 4 de junho de 2010

Como os outros

O cinema francês encarou a questão da paternidade gay com seriedade, mas bom humor. Um homem deseja muito um filho, mas seu companheiro não concorda com a idéia. Como a adoção não é possível, ele contrata uma barriga de aluguel. O problema surge quando os exames para a inseminação ficam prontos e ele descobre que é estéril. Acaba assim, pedindo, ao então ex-companheiro, um pouco de esperma emprestado. A moça engravida do ex-companheiro, mas casa com ele para obter a cidadania. O problema é que ela acaba se apaixonando por ele, ele volta para o ex-companheiro, e as confusões surgem. Muito boa a história, a direção e o final. No Brasil se chama Baby Love e está dando no Telecine.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Encontrei seres