sábado, 26 de junho de 2010

A Grande Volta


A grande volta olímpica dessa Copa foi a de Gana. Não importa quem ganhar a Copa, nada terá o mesmo significado. Não me interpretem mal. Minha pátria amada Brasil é a minha mãe, meu pai é a America do Sul, minha amante é a Europa, mas a minha avó é a África. Foi de lá que todos saímos. Tenho muito orgulho da minha origem brasileira e portuguesa, mas não deixo de sentir uma extrema vergonha de ser fruto de duas sociedades que construíram suas economias em cima da escravatura. A família da minha mãe, embora sustentada por esse sistema odioso, só se redime um pouco porque o meu bisavô materno fundou um jornal abolicionista. A família do meu pai era tão pobre, que esse pecado pelo menos não tem. O que a Inglaterra, Portugal, Brasil , Estados Unidos e França fizeram com esse continente não tem precedentes. Exterminaram povos inteiros, acabaram com famílias que se amavam, roubaram suas riquezas, levaram seus espécimes mais fortes para em outros continentes trabalharem de sol a sol, levarem chicotadas, serem torturados, somente para que fizessem o trabalho que os descendentes de europeus não estavam dispostos a fazer. Nem a sociedade Nazista foi tão horrível, e olha que o que eles fizeram não tem desculpas. O Brasil então, ainda carrega a pecha de ter sido o último país a abolir a escravatura. Já estive na África duas vezes, e percebi o ódio que eles têm dos descendentes de Portugueses e de Ingleses. Pois desculpo eles, não é para menos. A miséria, mesmo na África do Sul, é absoluta. O “apartheid” não terminou coisa nenhuma. Existe uma pequena elite negra, mas a maioria das mansões e hotéis de luxo são destinados aos brancos. Tive a oportunidade de me hospedar em dois hotéis luxuosíssimos. Embora ninguém tivesse coragem de dizer, um era frequentado predominantemente por hóspedes negros, e outro por hóspedes brancos. Casualmente, o hotel cujos hóspedes eram brancos era ainda mais luxuoso. Negros nos carros, quase sempre são motoristas. Nas estradas a minha vontade era de chorar. Havia diversas mulheres magérrimas, com crianças barrigudas pedindo carona e andando pelos campos (savanas) a esmo, pois aonde for que chegassem nada receberiam. Nas ruas as pessoas imploravam por esmolas ou para vender seus artigos feitos a mão a preço de nada. A dívida do Brasil, Estados Unidos, Inglaterra, Portugal e da França com esse continente continua. Quando é que vão criar vergonha na cara e tratar de remediar o mal que fizeram? Hoje, quando vi aquele time, vindo de um país miserável (vou ter que procurar no mapa para saber onde fica), derrotando a maior potencia mundial, cujo time era basicamente formado por loiros que fariam o Sr. Hitler dizer que estava certo quanto a superioridade ariana, chorei bem chorado. Foi o grande jogo até agora. Se o Brasil não ganhar a Copa, torço por eles. Merecem! São campeões pelo simples fato de estarem vivos, de terem chegado inteiros até o campo de futebol. Sei que o meu desejo pouco importa, e que o Brasil tem pouquíssimas chances de sair vitorioso, pois a única coisa que realmente chama a atenção no nosso time é o figurino do Dunga. Mas para mim, depois desse jogo, essa Copa já é a melhor de todas.Viva Gana! Viva a África!

9 comentários:

  1. Vivaaaaaaaaaaaaaaa!
    Assino embaixo de cada palavra!
    Também fiquei e estou emocionada.

    ResponderExcluir
  2. Cuide as imagens de depois da vitória. Um jogador olha para as câmeras, bate no peito e grita: África Man. Coisa mais linda :)

    ResponderExcluir
  3. VIVA A ÁFRICA !!!
    Concordo plenamente com o que está escrito em
    seu texto. E o pior de tudo, é que a maioria
    dos brasileiros AINDA não se deu conta disso:
    continua com a mentalidade escravagista, racista!

    ResponderExcluir
  4. Meu amigo...

    Foi realmente emocionante, eu chorei assistindo! Foi merecido, na minha opinião "A imagem da copa".
    Um beijo

    ResponderExcluir
  5. Percebo-te perfeitamente. E ainda acrescento que a vitória do Gana dá esperança a todo um continente. E a esperança permite ir muito longe.

    ResponderExcluir
  6. Algumas vezes o esporte pode fazer com que todos possam ter a alegria de sentirem-se vencedores. Um abraço.

    ResponderExcluir
  7. Pulha, o teu acréscimo seria um final lindo para o texto. Obrigado a vocês todos pelos comentários. Abraços,

    Terráqueo

    ResponderExcluir
  8. Assino embaixo, com firma reconhecida em cartório! Também adorei Gana ter ganho o jogo, carregando todo o continente e sua alegria para dentro de uma copa tão desenxabida como essa. Grande lição, grande esperança, vou ficar torcendo para eles chegarem o mais longe possível.

    ResponderExcluir

Encontrei seres