terça-feira, 1 de junho de 2010

Quem não precisa.

Nas cidades vazias, vidas podem ser modificadas. Só é preciso amor.

Ps. Algumas cenas de NY lembram as Cidades Vazias de Paulo Amaral

2 comentários:

  1. Sempre que vejo uma cidade vazia do Paulo Amaral, reconheço-me em uma janela, em uma parede, num edifício.

    ResponderExcluir
  2. Reconheço-me nas cidades, nas janelas, nas pontes e nas fortalezas.

    ResponderExcluir

Encontrei seres