sexta-feira, 9 de julho de 2010

O descobridor

Ele estava começando a descobrir a nova terra. Tudo era novo para ele. Não sabia como se chamavam os objetos, os alimentos, as pessoas, pouco conhecia da nova língua. Perguntado sobre suas primeiras impressões respondeu: “O escuro é muito raro.”.

Para o pequeno descobridor que amanhã completa 4 anos.

5 comentários:

  1. O escuro era muito raro porque ele tinha muita coisa para ver no claro... E tudo eram cores!
    Linda escolha!

    :)

    Abraço pra ti.

    ResponderExcluir
  2. Que linda interpretação Renata.
    Um grande abraço,

    Terráqueo

    ResponderExcluir
  3. Adorei o post. A emoção da descoberta é mesmo tão solar que nem se percebe que pode haver algo escuro.

    ResponderExcluir
  4. Conforme vamos envelhecendo o escuro entra cada vez mais na nossa vida.

    ResponderExcluir
  5. Terráqueo, o escuro também tem seu valor! E chega uma hora em que nossos bichos-de-sete-cabeças, fantasmas e gigantes ficam pequenininhos no interior do nosso escuro... Parabéns ao pequeno descobridor que já percebeu que o escuro é raro! Momento raro, raríssimo!!! Muita saúde e alegrias para o pequeno descobridor.

    ResponderExcluir

Encontrei seres