sexta-feira, 30 de julho de 2010

Vampirização

Suas vidas foram alteradas sem que ao menos suspeitassem que estavam tendo suas almas modificadas pelos amantes. Ao final do processo amoroso, restou um único ser sintetizado e ignorante da sua nova realidade.

4 comentários:

  1. Adorei!!!!
    Essa nova série de minicontros está ficando luminosa!

    ResponderExcluir
  2. Como pode isso, né? Impressionante.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  3. Obrigado Bípede.

    Carlos e Renata,

    Essa eterna mutação da vida é algo muito louco. Nunca somos os mesmos, e as vezes tenho a sensação que todos os meus amores estão dentro de mim, e me tornaram um outro ser.

    ResponderExcluir

Encontrei seres