terça-feira, 20 de julho de 2010

Vous faites partie de moi


{Refrain:}
Vous faites partie de moi
Você faz parte de mim
Vous êtes tout mon bonheur
Você é toda minha felicidade
Vous êtes tout au fond de mon cœur
Você está no fundo do meu coração
Comme un doux secret
Como um doce segredo
Comme une indicible joie
Como uma alegria indizível
Vous faites partie de moi
Você faz parte de mim

Ce rêve plein de douceur
Esse sonho pleno de douçura
J'avais voulu, tout au début, le chasser de mon cœur
Eu quis, desde o início, lhe tirar do meu coração
Mais j'ai compris que ce cœur pris en faisait déjà sa loi
Mas eu comprendi que esse coração já havia feito sua lei
Vous faites partie de moi
Você faz parte mim
Je sacrifierais sans regrets tous tes mots de là
Eu sacrificarei sem arrependimento todas as palavras
Pour vous avoir là
Para ter você aqui
Malgré cette voix qui monte en moi
Apesar dessa voz que se eleva em mim
Et me dit tout à coup
E me diz de repente
Que mon amour est fou
Que meu amor é insano
Que malgré son ardeur il sera sans pleurs
Que apesar de seu ardor, ele será sem lágrimas
Et qu'un rêve enchanté n'est pas la réalité
E que um sonho encantado não será realidade
Mais jamais je ne le croirai
Mas eu jamais acreditarei nela
Et vous resterez tout au fond de moi
E você ficará no fundo de mim,
Car...
porque você faz parte de mim
{au Refrain}

12 comentários:

  1. Terráqueo, vim visitar o irmão bípede!

    Bela escolha, Josephine Baker teve uma vida incrível, admiro a autenticidade nas pessoas!

    Gostei do seu espaço! Venha me visitar quando quiser!

    ResponderExcluir
  2. Patrícia,

    Obrigado pele visita. Volte sempre.

    ResponderExcluir
  3. Eis uma musa. Outro dia tentei fazer um comentário sobre o caso Bruno e o taxista, achei muito bom o texto, mas deu tilt no computador.

    ResponderExcluir
  4. Como é bom pode fazer parte....
    Lindíssima! Um Poema cantado belamente.
    Já estános meus preferido. E, vou presentear meu Terapeuta que é francês: Léo Cardon! Ele ama músicas.
    Estou também apreciando as imagens postadas na sua Casa. Gostos te visitar.
    Então vá se desejar lá na minha e deixe um mimo sobre a minha última postagem.
    Fique bem!
    Com carinho,
    Silvia
    http://www.silviacostardi.com/

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Patricia e Maia,
    A Josephine foi uma personagem e tanto, a primeira grande estrela negra. Uma americana de St. Louis que se muda para Paris, se tornou a grande estrela do Folies Bergere. Ela criava suas coreografias e figurinos (a dança da saia de bananas foi um sucesso), participou ativamente da resistência, se tornou uma heroína de guerra, um símbolo dos anos 30 e 40.

    Silvia,
    Tenho certeza que o teu terapeuta irá adorar essa gravação. Obrigado pelo elogio as imagens. Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  7. Josephine realmente foi tudo o que voce disse e uma diva.
    Afinal consegui adicionar voce no meu blog, agora então poderemos nos "ver" mais frequentemente. Gosto muito das suas postagens, algo do seu gosto parece comigo, e suas fotos são maravilhosas.

    ResponderExcluir
  8. Terráqueo, estou tendo um ataque de risos. Por mais que a gente se esforçe para ser diferente, sempre, sempre, sempre, herda algumas coisas dos pais. Com essa música a la Baker, que o Kamarazov também gostava muito, você parece mesmo um filho dele, a criatura que nunca nos teve muito under the skin. Oh, vida!

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Querida Ivone,

    Tenho certeza que temos gostos parecidos, pois adoro o teu blog, tuas pinturas e teus comentários. A Bípede então tem um carinho enorme por você. Fico muito contente com suas visitas. Grande beijo.

    Querida Bípede, herdei o que meus pais tinham de melhor. A paixão pela música e por filmes antigos do velho Karmazov e o amor pela literatura e artes plásticas da querida mamãe. Dele também herdei a capacidade de trabalho e dela uma grande generosidade, que a falsa modéstia não me impede de dizer. Minha procupação, no entanto, é que com a velhice que se aproxima de muletas, eu fique parecido com o lado B dos dois..... Quanto a você e a Darling, vous ferez partie de moi pour toujours.

    ResponderExcluir
  12. Darling,acho que fazemos parte de um todo, mas você mais que do que isso, foi concebido junto comigo, por isso sempre nos completaremos, um beijo.

    ResponderExcluir

Encontrei seres