quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Carla Mazinha

A invasão foi descoberta a medida que milhares de pessoas empalideceram, começaram a ficar transparentes e a flutuar para longe. Mesmo distante, ainda era possível vê-la esfumaçando-se. Tumultuada pelo inesperado, pela família, trabalho e amigos, acostumada a sempre dizer coisas boas, hoje não era possível. Havia apenas raiva, tristeza e angústia. Depois de um longo silêncio, ciente de quem realmente era, informou que isso tudo não importava, pois mesmo assim não tinha pressa.

2 comentários:

  1. Adoro Carnmina Burana, acho incrível o poder que a música tem de despertar diferentes emoções em nós! Ando muito emotiva ultimamente...

    Gostaria também de não ter a pressa, mas não está em mim a paz paciente de quem encontrou, neste exato momento me sinto como a letra da música!

    beijo grande, estava com saudade

    ResponderExcluir
  2. Patrícia,

    Tuas visitas são sopros de alegria.
    Beijos,

    Terráqueo

    ResponderExcluir

Encontrei seres