sábado, 30 de outubro de 2010

O que é a felicidade suprema?

Não sei o que é a felicidade suprema, embora deseje isso para todos, principalmente para mim. Quanto ao filme, a fotografia e a música são belíssimas, o cenário foi cuidadosamente trabalhado, mas não é um filme fácil ou feliz. Também não é triste. É um filme de autor, bem Jabor. Quem viu "Eu te Amo" e e" Eu sei que vou te amar", sabe que seus filmes não são óbvios ou lineares, e que as vezes são um pouco chatos. Mas o subtexto é muito bom. Gostei. Mesmo não tendo achando maravilhoso, recomendo. Tammy di Calafiori dublando a Marilyn Monroe em "I am through with love" é um dos bons momentos, e Jayme Matarazzo é um grande ator.

6 comentários:

  1. Às vezes penso que a felicidade suprema é algo tão simples, que se não prestarmos atenção pode até passar despercebida... Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Acho que, assim como sabemos quando estamos infelizes, sempre sabemos quando somos felizes. O problema é que nossas necessidades são ilimitadas e tendemos a desvalorizar o que temos, achando pouco, monótono ou cansativo. Beijos.

    ResponderExcluir
  3. É bem verdade seu comentário. Tanto que adoramos a velha frase "eu era feliz e não sabia". Sempre nos apegamos ao que falta e só prestamos atenção que tínhamos tudo o que era necessário quando se tornou passado...

    ResponderExcluir
  4. Éssa é uma lição que as vezes aprendemos de forma triste. Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Acho que não vou ver. Sei lá. Não estou entusiasmada nem com o título ainda que o filme tenha bela fotografia.

    ResponderExcluir
  6. Às vezes acho que a encontrei, por alguns segundos, mas logo a sensação escapa, fugidia, por entre os dedos, como areia fina na ampulheta da vida. Sigo. Persigo. Acho que sou muito mais feliz que o contrário. Falta-me muito pouco e o pouco que me falta não faz falta alguma. Portanto... é viver e aproveitar, enquanto aquela que nunca falta nos espera logo ali, ao virar a esquina.

    Bjs

    Lúcia

    ResponderExcluir

Encontrei seres