terça-feira, 9 de novembro de 2010

A Fuga

A perseguição já durava semanas, a fronteira estava longe e o dinheiro acabara. Ela chamava muito a atenção com seus cabelos loiros, e ele começava a fraquejar. Nos últimos 200 km, percorridos em um ônibus pinga-pinga, tiveram a impressão que estavam sendo observados. Mas eles não poderiam se render, mesmo sendo inocentes, sabiam que jamais chegariam ao julgamento. Desapareceriam para sempre se apanhados.

Um comentário:

  1. Em dupla, o desaparecimento até que vem bem, que, no fundo e no raso, o que é um casal quer é uma ilha de lost!!

    ResponderExcluir

Encontrei seres