quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Eternamente

O tempo todo, todo o tempo, tanto tempo.

4 comentários:

  1. Terráqueo, você é mesmo um romântico interplanetário incurável :)
    beijos

    ResponderExcluir
  2. E o romantismo jamais sairá de moda!

    ResponderExcluir
  3. Lúcia e Lelena,
    Sou um romântico incurável sim. Só espero poder me curar da ideia que só se ama uma vez. Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Encontrei seres