domingo, 19 de junho de 2011

De volta a Buenos Aires

Buenos Aires me remete à minha amada “abuelita” que tinha tanto prazer com a vida, respeito pelas pessoas, que andava pelo mundo sem parar, que me ensinou a comer “mursillas”, a jogar poker, a apostar na roleta, a preparar drinques, que amava Buenos Aires, e que ao acordar colocava cedo um tango na vitrola. Chegar em Buenos Aires é como chegar em sua casa, e quase chego a escutar seus passos junto aos meus.

2 comentários:

  1. eu tive o privilégio de ouvir Piazzolla tocando!
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Esse é um privilégio que muitos poucos tiveram. Ele era um gênio. Bjs.

    ResponderExcluir

Encontrei seres