sábado, 10 de setembro de 2011

I Get Along Without You Very Well


I Get Along Without You Very Well
I get along without you very well
Of course I do
Except when soft rains fall
And drip from leaves then I recall
The thrill of being sheltered in your arms
Of course I do
But I get along without you very well

I've forgotten you just like I should
Of course I have
Except to hear your name
Or someone's laugh that is the same
But I'v forgotten you like I should

What a guy, what a fool am I
To think my breaking heart could kid the moon
What's in store, should I phone once more
No it's best that I stick to my tune

I get along without you very well
Of course I do
Except perhaps in spring
But I should never think of spring
For that would surely break my heart in two

Eu Me Viro Muito Bem Sem Você
Eu me viro muito bem sem você
Claro que sim
Exceto quando a chuva fina cai
E goteja das folhas, então me lembro
A emoção de estar protegido nos seus braços
Claro que sim
Eu me viro muito bem sem você

Eu esqueci você como deveria
Claro que sim
Exceto quando escuto seu nome
Ou o riso de outra pessoa quando é igual
Mas eu esqueci você como deveria

Que cara! Que tolo eu sou!
De pensar que meu coração quebrado poderia enganar a lua
O que está para acontecer? Deveria ligar mais uma vez?
Não, é melhor me manter na minha melodia

Eu me viro muito bem sem você
Claro que sim
Exceto talvez na primavera
Mas eu não deveria nunca pensar em primavera
Porque isso certamente quebraria meu coração em dois

4 comentários:

  1. Eu me viro muito bem sem você
    quando estou dormindo e você não povoa meus sonhos
    Você é perfeitamente odiável
    quando te imagino nos braços de outra
    Eu não suporto os pensamentos que te trazem à minha memória
    Por isso, desejo o sono sem sonhos e acima de tudo o bálsamo do esquecimento.

    ResponderExcluir
  2. Lúcia, agora tu arrasaste. Tens que publicar um livro com as tuas poesias com urgência. Bjs.

    ResponderExcluir
  3. eu me viro bem sem você,
    claro que sim,
    quando viro de costas para as lembranças, quando tranco os armários
    para que os fantasmas não saiam,
    quando não acordo, quando não respiro.
    Só assim eu me viro bem sem você.

    Terráqueo, é linda de dar nó na garganta!
    (e hoje eu estou melancólica, ou à flor da pele :)
    beijo

    ResponderExcluir
  4. Não me viro bem sem vocês, claro que não, nem quando estou acordado, nem quando estou dormindo. Bj

    ResponderExcluir

Encontrei seres