sábado, 8 de outubro de 2011

O meu amor existe - Jorge Palma

Um amor com lábios de silêncio, que voe como o vento, sedento de ternura. Essa música é poesia pura, da melhor qualidade.



"O meu amor tem lábios de silêncio
E mão de bailarina
E voa como o vento
E abraça-me onde a solidão termina
O meu amor tem trinta mil cavalos
A galopar no peito
E um sorriso só dela
Que nasce quando a seu lado eu me deito
O meu amor ensinou-me a chegar
Sedento de ternura
Separou as minhas feridas
E pôs-me a salvo para além da loucura
O meu amor ensinou-me a partir
Nalguma noite triste
Mas antes, ensinou-me
A não esquecer que o meu amor existe."

4 comentários:

  1. Que música/poesia linda, profunda e emocionante!

    Eu sei que o meu amor existe
    em algum lugar
    dentro e fora de mim
    os passos que me levarão ao seu encontro
    são incertos e inseguros
    mas quanto estivermos frente a frente
    e nos reconhecermos
    toda a dor da espera será esquecida
    e os nossos sorrisos serão a luz
    que nos guiará pela eternidade
    desse instante.

    ResponderExcluir
  2. A tua poesia também é linda. BJs.

    ResponderExcluir
  3. Linda eu não conhecia, achei incrível, grande beijo.

    ResponderExcluir
  4. Eu peguei de uma amiga portuguesa. Achei essa música belíssima também.
    Bks.

    ResponderExcluir

Encontrei seres