quinta-feira, 24 de novembro de 2011

The More I See You

A noite estava fria, e era a primeira vez que eles se viam depois do rápido encontro na faculdade. Ao chegarem no bar, eles ainda não haviam quebrado o gelo. De repente "The More I See You" começa a tocar. Ele pega nos dedos longos e finos da linda moçoila, olha fixamente para ela e começam a dançar. Ela sorri, balança o seu corpo e joga os cabelos claros pra trás. Muito jovem, ele acredita naquele momento que somente ela o faria feliz. As years go by, eles se distanciam por completo, sua percepção de mundo muda, mas uma saudade ainda lhe invade quando escuta "I know the only one for me can only be you. My arms won't free you, and my heart won't try.".

2 comentários:

  1. Amigo li um comentário seu sobre Os extremamente Responsáveis.
    Este:
    Terráqueo disse...
    Muito bom. O mundo está cheio dessas pessoas. Fico com medo de ser um deles....

    Com poucas palavras vi que disse tudo e bem. Então vim ver o que escrevia. Parabéns!

    O mundo também tem pessoas que perguntam às outras o que elas fazem e se elas fazem muito o ciume é demaaaiiis!
    Assim continue a ser... Extremamente responsável! Conheço muitos por ai! Por isso amo o Brasil e o seu povo! Até breve.
    Luz Compasso.

    ResponderExcluir
  2. Caro Luz, muito obrigado pela sua visita e pelo elogios a mim, ao Brasil e ao nosso povo, que tem muito DNA português nas veias. Amo Portugal, já estive 4 vezes em Lisboa, e tenho o maior orgulho de ser descendente desse povo que disseminou sua cultura pelos mais distantes lugares. Volte sempre. Um grande abraço.

    ResponderExcluir

Encontrei seres