sábado, 31 de dezembro de 2011

Retrospectiva 2011



Retrospectiva 2011
Dois mil e onze foi um bom ano? Acho que sim, mas tenho dúvidas. Não foi um ano como 2001 tenho certeza, mas talvez em 2021 eu venha achar que foi excelente. O fato é que eu cheguei até o final, o que já é ótimo, pois no ano passado o que havia era apenas a perspectiva de um ano, com votos de boas festas recebidos de vários amigos. Para minha surpresa, e com o auxílio da internet, em 2011 reencontrei velhos amigos de infância, me reaproximei de outros, e pude estar mais próximo dos diversos amigos que tenho por esse mundo a fora e a dentro. Não foi nesse ano que encontrei o derradeiro amor da minha vida mas, pensando bem, foi um ano no mínimo interessante sob essa ótica também. Acho que o Santo Antônio que me foi presenteado por uma velha amiga que mora em Verona ajudou muito. Também não foi nesse ano que eu ganhei na mega sena, me tornei um advogado famoso, ou publiquei meu livro de contos. Mas foi muito bom trabalhar nesse ano. Encarei desafios, trabalhei em assuntos interessantes, com colegas que para minha sorte são também grandes amigos, interagi enfim com pessoas que muito me acrescentaram tanto sob o ponto de vista profissional quanto humano. Além de sobreviver ao ataque de um elefante, cuidadosamente registrado pela minha máquina fotográfica, exterminei a facadas uma dor que me infernizava a vida, e posso dizer que pela primeira vez em três anos fiz as pazes com as minhas pernas. Viva a cirurgia. Fui feliz para o hospital pois acreditava que daria certo e deu. Essa foi a terceira vez que operei minhas pernas, mas todas valeram muito. Acho que logo estarei esquiando, mergulhando ou voando novamente. Aguardem pelas fotos. Só não estarei soltando foguetes na hora da virada porque tenho medo de me queimar, e porque o passar do tempo trouxe outro pequeno probleminha. Agora é no pescoço. É dose eu sei, mas estou otimista. Hum, já ia esquecendo, comprei também um apartamento em um local lindo, que em 2012 vou reformar para usá-lo nos finais de semana. Melhores momentos de 2011: La Boheme no Metropolitan, Giuglio Cesare na Opera Garnier, um passeio incrível em Paris, com uma surpresa linda pela manhã, uma noitada em Maputo, um Safári no Kruger Park, a Páscoa com a família, uma viagem para Salvador, ver a expressão do meu sobrinho ao assistir pela primeira vez um musical (Um violinista no telhado), assistir Luzes da Cidade e o Lago dos Cisnes no Municipal, os sessenta anos de uma tia querida, um passeio pelo Central Park com a minha irmã mais velha e sobrinha, a Bípede Falante me cuidando, um jantar com grandes amigos há poucas semanas atrás no Alessandro e Federico. Só não considero um ano maravilhoso porque houve baixas, e isso afasta a possibilidade de ter sido um ano aprovado com louvor. Desejo a todos um feliz 2012, e que aproveitem cada dia intensamente, porque o tempo presente é o único garantido. Beijos e abraços.

2 comentários:

  1. O nosso almoço no Eately com você tirando fotos como um louco também foi um grande momento...
    Vamos mergulhar em Noronha, bora....
    Mil beijos, te amo muito e que 2012 nos traga amor e muitos momentos felizes. E mais momentos juntos, poxa vida...
    Mel

    ResponderExcluir
  2. Mel nosso momentos no Eately foram grandes momentos sem dúvida, mas eu adorei mesmo foi nosso último encontro em BH. O jantar estava divertidíssimo e caminhar contigo por BH no horário do almoço foi mágico. Voltei a ser criança. Um Super 2012 e vamos sim para Noronha. Bjs.

    ResponderExcluir

Encontrei seres