terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Terráqueo vai a luta para vencer

Como eu sou um ser que insiste em andar, amanhã volto ao estaleiro e enfrento sem medo, mas inteiramente dopado, o bisturi. O jeito é levar na esportiva e curtir a anestesia e o descanso forçado. Da última vez os remédios para a dor e febre me derrubaram totalmente. Dormi em uma semana, o que eu não durmo em um mês, sem dizer que quando voltei da anestesia achei que estava em um outro lugar, um lugar calmo, silencioso, que tem um lindo lago, montanhas com neve e que falam francês. Daí me dei conta que eu estava vivo e só podia estar delirando, porque se eu tivesse morrido teria ido para o paraíso que é quente, barulhento, desorganizado, com muito sol, areia e mar, e que certamente deve ser muito parecido com o meu Rio de Janeiro.

5 comentários:

  1. Ficarei torcendo daqui, Marcelo, te desejando
    muita força, determinação e MUITA SAÚDE!
    Já passei por vários bisturis, viajei por outros planetas e vi tudo muito branco lá de cima, tudo me era muito estranho, e, quando voltei, passei uns dias estranhando tudo que estava à minha volta, inclusive as pessoas. Acho que a gente entra em alfa quando passa por uma anestesia geral, não te parece? Depois, aos poucos tudo vai entrando nos eixos...!?

    Um abraço afetuoso pra ti!

    ResponderExcluir
  2. Como dizem os revolucionários: hasta la victoria siempre. Fique calmo, tudo vai dar certo.

    ResponderExcluir
  3. Cirandeira, voltei pro quarto e me sinto relativamente bem. Ainda bastante sedado, mas dá para perceber que a operação foi delicada e que a área ficou bem sensível. Obrigado pelo carinho. Bj.

    Maia, adoro uma revolução e entrei nessa para vencer. Obrigado pela mensagem. Abs.

    ResponderExcluir
  4. Viva, viva!!!
    Que bom que já estás no quarto, agora é só ter um pouquinho de paciência com a "dona convalescença", porque ela é tão chatinha, tão aborrecida (risos), mas se a respeitarmos tudo sai a contento!
    PARABÉNS, és mesmo muito forte!
    MUITA SAÚDE, pra ti

    Um forte abraço e um beijo

    ResponderExcluir
  5. Obrigado Cirandeira, agora que a anestesia inteira já se foi, estou mais consciente de tudo, inclusive da dor. kkk.

    Obrigado pelo carinho.

    ResponderExcluir

Encontrei seres