quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Exposição das Obras de Tarsila do Amaral no Centro Cultural Banco do Brasil

Visitei hoje a exposição de Tarsila do Amaral no Centro Cultural Banco do Brasil. A mostra conta com 82 obras constituídas por pinturas, esculturas e desenhos, e exibe também objetos pessoais como a estola, bengala, pinceis, palheta de tintas, cartas, e inclusive o diário de Tarsila. Aprendi muito e passei a admirar ainda mais essa grande mulher que encantou o mundo todo e que teve um papel importantíssimo no modernismo. Ela era um gênio, dominando perfeitamente a pintura e o desenho figurativo, e de uma criatividade sem limites para a época. A qualidade de seus trabalhos é tanta, que de forma alguma envelheceram ou se tornaram comuns. Vale uma viagem ao Rio somente para ver essa exposição que encerrará em 29 de fevereiro.
O filme abaixo mostra várias pinturas que estão expostas. No entanto, o Abaporu e a Negra não estão presentes nessa exposição, embora estejam expostos estudos que levaram a essas obras, e a tela Antropofagia compense qualquer falta. Essa foi a primeira exposição com os trabalhos de Tarsila no Rio em 40 anos. Meus parabéns para o CCBB.

‎"Tarsila ,
nome Brasil, musa
radiante
que não queima, dália
sobrevivente
no jardim desfolhado, mas
constante
em serena presença
nacional fixada com
doçura,
Tarsila amora amorável
d’amaral
prazer dos olhos meus
onde te encontres
azul e rosa e verde para
sempre"

Trechos de BRASIL/TARSILA de Carlos
Drummond de Andrade

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Encontrei seres