domingo, 29 de julho de 2012

Arte

Sensacional essa peça sobre três amigos que acabam entrando em conflito quando um deles compra por R$ 200.000,00 uma tela em branco de um pintor famoso de arte contemporânea, e um dos amigos, movido por uma sinceridade quase cruel, deixa claro seu ponto de vista de que aquele quadro nem obra de arte é. O inteligente texto alem de discutir com muita propriedade sobre o que é arte ou não, mostra o funcionamento das amizades, o que leva as pessoas a serem amigas e a também se afastarem. A escritora francesa Yasmina Reza recebeu em razão dessa peça "Arte" os prêmios Molière de melhor autor, de melhor peça e de melhor produção, o Lawrence Olivier Award pela melhor comédia de 1998, o o Antoinette Perry (Tony) Award pela melhor peça. Os atores são excelentes, a montagem é primorosa, sensível, profunda e tocante, sem ser um dramalhão. Existem alguns momentos bem engraçados, realçados com maestria pela interpretação de Vladmir Brichta. A opinião do personagem mais crítico sobre arte contemporânea é muito parecida com a minha que, não escondo, é totalmente desfavorável, como manifestei na publicação de 04/11/11 nesse blog. Recomendo muito, ainda fica mais duas semanas no Teatro Leblon.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Encontrei seres